25 julho 2008

A primeira musa fetichista

Acho que não conheço ninguem que seja uma pessoa pública e que tenha mostrado tanto seus fetiches ao público como ela.
Tá certo que depois de um tempo ela quis mudar aquela forma como todos a viam, mas sempre se achavam fotos diferentes vagando pela internet.
Me lembro quando ela veio ao Brasil em 93, e apareceram algumas cenas do show na tv, onde ela encenava sexo numa cama com roupas de latex, cordas, algemas...eu tinha 10 anos, e fiquei maluco com akelas cenas, me lembro com detalhes como se fosse hoje, ela na cama com dois caras em cima dela, nada foi mostrado, mas as insinuações, as caras, toques, era completamente erótico....

Agora ela abriu ao mundo histórias que lógico, algumas são apenas fantasias, devaneios, e outras com certeza são reais, é só ver as fotos...rs...
Essa é a Madonna, uma mulher que mesmo depois dos 50, seu corpo ainda expira sexo e fetiches.
Segue abaixo trecho do novo livro lançado por ela, e algumas das fotos que tem no livro.

"Quando eu era criança, costumava me sentar ao contrário na privada e esperar que aquela sensação de ardor entre minhas pernas fosse embora. Eu não entendia que, se o meu dedo encontrasse o caminho da minha buceta, o ardor diminuiria, que todas as contorções, contrações, fricções e esfregões dos meus braços e pernas não matariam a minha fome. Que a umidade das minhas calcinhas não combinava com as roupinhas de princesa que minha mãe me vestia. Porém, assim como toda criança que não consegue se expressar, eu continuava excitada e ardendo, agoniada e ansiosa até o glorioso dia em que meus dedos encontraram a carne e, com as pernas totalmente arreganhadas, o mel da minha racha de 14 anos de idade transbordou e eu jorrei."

Um comentário:

Princesa disse...

Deixa eu fuder seu cuzinho minha cadelinha safada!!! Vou lambe-lo inteirinhooo... e fode-lo com muita vontade, QUERO VC!!!