11 dezembro 2007

Projeto Luxúria - Dezembro

Não aguentei esperar até amanha para postar sobre a festa de Dezembro..rs

Nessa festa fui sabendo que aconteceria as maiores loucuras possiveis...pois o Heitor e a Rainha Vivi já vinham me mandando recados na semana dizendo que iriam me transformar em puta na balada....
Uma Rainha, que conheci via orkut, disse que tambem iria na festa e que iria me amarrar e me humilhar feito cadela...fora isso eu ainda ia dar carona para a Lady Nane, que para quem acompanha o blog desde o começo sabe que ela já foi minha dona, e estava indo lá para conhecer o projeto luxúria, e tambem ia dar carona para a Domme Renatinha...

O tema da festa de Dezembro era “Baile de Máscaras”, então comprei uma máscara de cachorro, e um “acessório” a mais para usar lá...rs

Quando chegamos, fomos ao banheiro do estacionamento, e nos trocamos lá mesmo, e como estávamos de máscaras perdemos a vergonha de andar na rua...
A Domme Renatinha estava de gata, chegou até a costurar um rabinho no vestido...era a fantasia mais comportada de nós 3....A Lady Nane foi com um vestido preto transparente e aberto na lateral, mostrando o quadril e a calcinha....e eu estava com uma mini-saia branca, cinta-liga, meia arrastão 7/8, e uma calcinha rosa, para completar a fantasia, a máscara de cachorro, e um plug que na base é um rabo, a Lady Nane que colocou o plug em mim, tudo isso no banheiro do estacionamento, coloquei minha coleira e saimos os 3 pela rua, com as duas levando a cadela para passear..rs

Mal entramos lá e o Heitor já veio pra mim e disse : “Se prepara..que hoje eu vou te batizar, vai apanhar muito”....
Continuamos ali, conversando e nos apresentando para as outras pessoas mascaradas da festa, quando o Heitor volta, me pega pela coleira e me entrega para uma amiga dele, falando “tó uma cadela de presente pra você”....fiquei alí de 4 com a bunda empinada mostrando o rabinho, beijando os pés dela, quando senti a primeira chicotada do Heitor...o plug chegou ateh a sair do meu cú, ele me bateu com pelo menos uns 3 chicotes e chibatas diferentes, minha bunda queimava, e eu beijava cada vez mais aqueles pés lindos que estavam na minha frente.

Depois da sessão de spank que me deixou com muito tesão e com a bunda queimando, fui ao banheiro arrumar o plug, mas como ele era muito pequeno não estava ficando preso por muito tempo..rs..caia toda hora, daí tirei o rabo de vez..rsrs
Voltei lá para baixo e continuei conversando e curtindo a festa...conheci uma domme maravilhosa, uma Rainha educada, com pés lindos e sorriso cativante...

Num determinado momento da festa ela me pegou pela coleira e foi passear comigo de quatro no meio de todos...parou em uma cadeira, se sentou e me presentou com seus lindos pés.Fiquei lá beijando os pés dela, dedo por dedo, e esperando ela terminar o cigarro, pois sabia que ela tinha uma surpresa para mim.

Quando ela terminou, passeou comigo mais um pouco e disse que iria me apresentar a maravilhosa técnica do Shibari.

Fiquei encostado na grade que tem lá na balada e ela começou a me amarrar, eu nunca tinha sido amarrado antes e aquilo estava sendo um prazer totalmente novo pra mim...

A cada nó que ela dava, a cada corda que eu sentia passando entre minhas pernas, pescoço, peito, pulsos....ficava cada vez com mais tesao..
Quando ela terminou eu estava totalmente preso a grade, então ela começou a me chicotear...bateu muito na minha bunda, com chicotes e chibatas, derramou vela vermelha e eu sentia como se minha bunda estivesse queimando....ela veio na minha frente e mandou eu colocar a lingua para fora.....tambem derramou vela na minha lingua, e enquanto ela fazia isso uma outra domme que eu nem sei quem era começou a me espancar tambem...me bateu muito com a chibata, até eu não aguentar mais e implorar para ela parar....outra pessoa tambem me bateu, mas não consegui ver quem era....pela força parecia o Heitor..rs...vai saber..rs

A Rainha voltou a ficar atras de mim e me bateu mais um pouco, alternando com carinhos e mordidas...

Depois disso como premio ganhei um beijo maravilhoso dessa Rainha, e logo depois ela começou a me soltar.

Para mim aquilo tudo foi mágico, estou muito honrado em ter sido escravo desta RAINHA maravilhosa mesmo que por poucos minutos.....se com aquela demonstração eu já fiquei pingando de tesão e com a calcinha toda molhada, imagina se ainda estivesse sendo usado,arrombado, humilhado...gostei muito do Shibari e quero muuito mais..rs

Depois disso subi no outro andar e fiquei relembrando a ultima festa com a Ju (aquela pessoa muito especial que eu comentei no post passado)..rs
Fizemos loucuras à 3 lá em cima...rsrs (deixa para um próximo post)..rs

Essa festa de Dezembro foi perfeita e só tenho a agradecer primeiramente ao Heitor Werneck que me convidou para mais uma festa maravilhosa do Projeto Luxúria.
Já frequentei muito o Valhala e o Dominna, e aconselho todos a conhecerem tambem, mas eu particularmente me senti muito mais a vontade no Projeto Luxúria, onde todos sem exceção curtem todos os tipos de fantasias possiveis e não escondem isso de ninguem...lá dentro é um mundo paralelo, onde dói cada vez mais quando a festa termina.

Mas tudo bem, no mês que vem, eu volto para aquele mundo de novo...rs

Obs.: Assim que eu receber as novas fotos, faço um update no post

Abraços....

Projeto Luxuria de Novembro

Olaaa pessoas....desculpe a demora pela atualização, está uma correria louca no trabalho e não estou tendo tempo nem para as putarias diárias..rs

Hoje vou contar um pouco como foi o Projeto Luxúria de Novembro, e amanha conto como foi o de Dezembro, que fechou o ano com chave de ouro e até shibari experimentei...rs!!!!

O tema da festa era “Trabalhadores”....nada mais justo em eu ir do jeito que eu trabalho todos os dias... de terno e gravata e com calcinha e cinta liga por baixo ...mas como era uma festa fetichista...decidi abandonar a calça social e no lugar dela coloquei uma mini saia.
Quando cheguei lá fui ao banheiro me trocar...nem cheguei a prestar muita atenção nas pessoas que estavam lá.Cheguei ao banheiro e já tinham algumas pessoas lá se trocando...algumas Dommes e a Rainha Vivi Travesti, que já é famosa na festa e no orkut em comunidades de dominação.
Enquanto elas conversavam eu tirei minha calça e fiquei só com a mini-saia, cinta-liga e meia 7/8 pretas e uma calcinha fio dental preta.
Sai do banheiro e ai sim fui conhecer a casa Audio Delicatessen uma ótima casa, pequena, mas bem dividida, e o melhor de tudo, não é sufocante...tem ar condicionado de sobra.
Conheci muitas pessoas lá, me senti muito bem lá dentro, tinham muitas pessoas de todos os tipos, Dommes, Dom´s, escravos, escravas, switchers, crossdressers.

Até que um Dom chegou com sua escrava, encoleirada, com correntes e algemas nos pés e nas mãos e totalmente pelada.....achei demais aquilo...uma humilhação total a ela, ficar ali no meio de todos, totalmente acorrentada e pelada.
Lá conheci pessoalmente o Heitor Werneck e a Domme Morgana....ótimas pessoas que tem o fetiche no sangue, na alma, e se orgulham disso assim como eu.

Começei a conversar com a Rainha Vivi Travesti, e como já tinha tomado uns 4 copos de Absinto, fui me soltando cada vez mais com ela.
Fomos para a parte de cima da balada e lá ficamos numa parte mais reservada, mas que mesmo assim ainda tinha muita gente..rs..
Ela se sentou no sofa e me colocou de costas pra ela abaixado, enquanto batia na minha bunda, e enfiava os dedos no meu cú, ali no meio de todos....rs

Ainda ficamos dando uns amassos ali no meio de todos e depois fomos ao banheiro, demos uns amassos mais fortes e depois voltei pra balada.

Bebi mais alguns copos de Absinto, conheci a Ju (uma pessoa muito especial) e a Domme Renatinha...
Começamos a conversar e não lembro bem ao certo quando e como começou, mas lembro que a cena era:

Eu e mais um cara, beijando e se rossando na Ju, enquanto a Domme Renatinha levantava minha mini-saia e espancava minha bunda, primeiro com tapas e depois com uma chibata, depois chegou o Heitor e tambem bateu “um pouquinho”..rs...sai de lá com a bunda toda dolorida e com uma ressaca enoorme, mas para mim foi a melhor balada que já fui até hoje.Lá existem pessoas que como eu, gostam sim de putarias, humilhaçoes, mas tambem respeitam e se divertem esquecendo esse mundo hipócrita e preconceituoso em que vivemos...

Quando eu sai de lá, por volta das 6hs...eu acho...já era quase dia.rs...nos falaram que a próxima festa seria 08 de Dezembro, e o tema era “Baile de Máscaras”....junto com essa noticia o Heitor falou no meu ouvido...”se prepara que na próxima vou te batizar de verdade”....rs

To be continue....

Obs.: Irei receber essa semana mais fotos da festa de novembro onde eu apareço..rs..dai faço um update aqui..


16 novembro 2007

Projeto Luxúria

Sexta-Feira, dia 23 de Novembro, acontece o Projeto Luxúria uma festa organizada pelo Heitor Werneck.
Uma festa a fantasia com um significado diferente, não fantasias simples, mas sim todos os tipos de fetiches existentes.
O tema da festa desse mês é Trabalhadores ( garçons, bombeiros, enfermeiras,)...é só usar a imaginação e deixar o fetiche falar mais alto....
O Dress Code não é obrigatório, mas é lógico que deixa a festa muito melhor! Além de conseguir descontos na entrada, dependendo da fantasia.
Entrem no site, onde conhecerão mais do Projeto Luxúria e mais sobre os organizadores.
Abraços e até a festa.....(quem for verá minha fantasia)..rs

13 novembro 2007

Meu Primeiro Conto Sobre Lésbicas

Estou começando a escrever alguns contos eróticos, e esse é o primeiro conto que faço de lésbicas, confesso que foi o mais dificil que escrevi até hoje, pois não sinto a mesma coisa que vocês MULHERES MARAVILHOSAS sentem enquanto estão enlouquecidas de tesão, ou quando estão pensando em putarias e ficando excitadas....
Espero que gostem desse conto e gostaria muito que vocês deixassem comentários falando oque acharam, podem falar a verdade mesmo...estou aqui para excita-los....(hummmmm)..rs..
Lógico que depois do conto coloquei algumas fotos fetichistas de lésbicas, pois para os escravos que batem carteirinha aqui no blog tenho certeza que se o começo de vocês foi como o meu, vocês COM CERTEZA adoram ver fotos de mulheres sendo dominadas por outras mulheres, não só pelo fetiche do lésbianismo, mas também por que muitos se imaginam no lugar da mulher passiva.....rs
Abraços a todos e um bom conto.......rs
"A amante da minha namorada"
Cristina era uma mulher que foi criada em um “regime quase que militar”. Os pais dela eram muito rígidos em relação a tudo, ela não podia sair com as amigas para balada e quando conseguia sair nem pensar de chegar muito tarde.
Era uma mulher bonita que despertava a atenção em qualquer lugar que fosse. Tinha 1,70 de altura, e adorava usar vestidos que marcavam seu corpo e sandálias de salto alto.
Em Novembro do ano passado ela começou a trabalhar num escritório, como secretária de um dos sócios, e como não conhecia direito o ritmo do escritório, a Paula que era a outra secretária foi apresenta-la a todos os outros funcionários e mostrar como era o cotidiano lá dentro.
Com o passar do tempo Paula e Cristina foram se tornando amigas, pois almoçavam juntas e trabalhavam na mesma sala o dia inteiro.
Um dia a Paula não pôde ir trabalhar e a Cristina ficou com todos os afazeres das duas.
Um dos sócios pediu a Cristina para que imprimisse um documento que ele tinha enviado por e-mail a Paula....Cristina foi até o computador da Paula e abriu o e-mail dela, e foi procurar o e-mail, não demorou muito para achá-lo e imprimiu, nesse meio tempo chegou um e-mail para a Paula com o assunto “Adorei seu strip pra mim ontem”.
Cristina viu o remetente....era uma tal de Rafaela....
Cristina sentiu um frio na barriga e fechou o e-mail, e voltou ao seu trabalho, mas por mais que tentava se concentrar no trabalho ela não esquecia aquele e-mail. Ela não tinha nada contra homossexuais, mas não conseguia imaginar a Paula sendo uma. Ela era linda, parecia modelo, alta, magra, com cintura fina e se vestia muito bem, todas as vezes que elas almoçavam juntas a Paula era o centro das atenções, todos os homens ficavam olhando pra ela, e para alguns ela até dava um sorrisinho e comentava com a Cristina o quanto ele era bonito...será que ela estava fingindo tudo? Ou será que ela era bissexual? O dia demorou muuito para passar,com todos esses pensamentos na cabeça de Cristina...quando ela chegou em casa foi direto para o banho.Tomou um banho demorado e tentava ao maximo esquecer daquele e-mail, não conseguiu dormir um minuto sequer a noite e quando conseguia acordava pouco tempo depois pensando na Paula.
No dia seguinte , Cristina perdeu a hora para sair, pois não tinha dormido direito e quando chegou ao trabalho esperava já encontrar a Paula, mas ela não estava lá.
Cristina não pensou duas vezes, foi direto ao computador de Paula, ligou-o e abriu o e-mail que tanto estava atormentando ela...
Assim que ela começou a ler a primeira linha do e-mail, a Paula entrou na sala, Cristina tentou fechar tudo o mais rápido possivel, mas esqueceu que a partir do momento que ela abriu o e-mail , ele ficou caracterizado como “e-mail lido”
- Oi Paula, tudo bem, eu estava imprimindo um documento que o Dr. Luis pediu. – Falou Cristina, já se levantando e indo para sua mesa.
- Ah tudo bem sim Cris ....e ai muito trabalho ontem?
- Nem fala, fiquei até tonta de tanta coisa que tive que fazer.
Cristina torcia para que ela nem notasse que o e-mail estava como lido, mas assim que a Paula sentou na cadeira e olhou a tela, ela levantou a cabeça e ficou olhando um pouco para a Cristina...que fingia que nem percebia olhando atenta ao seu próprio monitor.
Nada se falou desse assunto e as duas agiram normalmente durante o dia, mas no dia seguinte, Cristina percebeu alguma coisa diferente na Paula. Não sabia se era a Paula mesmo que estava diferente ou se ela estava prestando atenção demais aos detalhes, mas ela estava mais maquiada, com um perfume diferente, um vestido mais decotado, unhas pintadas de francesinha e uma linda sandália, enquanto ela olhava para todos os detalhes da Paula ela nem precebeu que a Paula estava olhando de volta, segurando a risada ao ver a concentração de Cristina.
Quando Cristina percebeu, fingiu que estava desligada, pensando “no nada”, mas a cara dela toda vermelha deixava bem claro que não era em “nada” que ela estava pensando.
As duas almoçavam todos os dias juntas e conversavam sobre todos os tipos de assunto, mas nunca chegaram a falar em sexo....
Com o fim do ano chegando, chegou a festa de confraternização da empresa.
Ficou uma dúvida entre fazer em um sítio ou fazer numa balada, mas a balada acabou vencendo.
A Paula não gostou muito de ser balada então Cristina perguntou porque não tinha gostado....
- Ah Cris, se fosse num sitio eu iria chamar uma amiga pra ir tambem, a Rafaela, mas ela não curte muito balada.
Aquele nome caiu como uma bomba nos ouvidos da Cristina, Rafaela.....é a mesma do e-mail....
- Que foi Cris? Ficou quieta derrepente.
- ... Nada não, ah Paula, mas tudo bem a Rafaela não vai mas eu vou estar lá, a gente pode se divertir juntas – Ela nem acreditou que tinha falado aquilo.
E assustou mais ainda quando veio a resposta.
- Então tá Cris....vou te usar no lugar da Rafaela...rs
Na semana seguinte era a festa....
No dia da festa elas combinaram de ir juntas, a Cris se arrumou como nunca tinha se arrumado antes, parecia que estava se arrumando para um namorado...
Colocou uma calcinha bem pequenininha para não marcar no vestido mas não colocou sutien pois o vestido era frente única. Colocou o melhor perfume, uma maquiagem não muito forte, uma sandalia de salto agulha e se olhou no espelho....adorou o jeito que estava e se sentiu muito bem, por estar indo ao encontro de Paula.
Pegou o carro e foi buscá-la, quando chegou e a Paula desceu, ela nem acreditou no que viu....ela estava linda..
Com um Scapin branco, um vestido preto com detalhes brancos, daqueles bem soltinhos que se bater um vento levanta tudo...
Quando entrou no carro o cheiro do perfume enfeitiçou Cris, e assim que sentou o vestido subiu um pouco e a Cris adorou ver as coxas de Paula...
A Cris não estava nem acreditando..ela estava tendo os pensamentos mais loucos com a Paula, coisas que a um tempo atras ela não teria nem coragem de pensar, quanto mais de fazer....estava toda arrepiada e tentou ao máximo disfarçar os bicos dos seios duros apontando direto no vestido, já que estava sem sutien.
A noite estava maravilhosa, as duas se divertindo, bebendo bastante e com uns goles a mais a Paula começou a olhar de um jeito diferente para Cris, as duas estavam dançando juntas até que a Paula virou a Cris de costas pra ela, e falou no ouvido:
- Já que a Rafaela não está aqui, vou usar você do mesmo jeitinho que uso ela... – e apertou a cintura de Cris se encoxando nela.
Aquilo fez a Cris se arrepiar de um jeito que ela nunca tinha sentido antes e naquele momento ela decidiu se entregar e ver o que dava.
Começou a se insinuar para a Paula enquanto dançava....as duas dançavam se insinuando cada vez mais uma para a outra e com os olhos nos olhos como se descobrissem os próprios pensamentos....até que a Paula chegou no ouvido da Cris e falou:
- Chega de se segurar, vamos sair daqui e continuar a festinha lá em casa.
A Cris congelou, ficou sem ação olhando para a Paula então aconteceu oque ela menos esperava.
Foi tão rapido que ela nem soube diferenciar o momento em que olhava para Paula e o momento seguinte onde as duas se beijavam calorosamente.
Era como se a balada inteira deixasse de existir, ela estava arrepiada e sentia uma coisa que nunca tinha sentido antes na vida, beijando qualquer homem e estava adorando aquilo.
E a única coisa que deu para a Cris falar foi:
- Ta bom , vamos pra sua casa...
Chegando no carro a Paula olhou bem nos olhos da Cris e sem nem falar nada deu outro beijo nela mas dessa vez de um jeito diferente...um beijo mais quente ainda com força...com desejo...e derrepente ela sentiu as mãos da Paula deslizarem pela cintura e subirem até seus seios, que já estavam com os bicos duros marcando o vestido que ela usava.
Então ela pegou a mão de Cris e foi levando no meio das pernas dela....a Cris tremia, mas não fez questão nenhuma de se segurar ou lembrar dos pudores que sua familia lhe havia imposto por tantos anos....No meio dos pensamentos ela escuta:
- Olha como você me deixou essa noite...- e a Cris sentiu a calcinha dela totalmente encharcada, mecheu um pouco os dedos por cima da calcinha da Paula e sentia aquele mel melecando seus dedos...quando tirou a mão, mal conseguiu ver os dedos úmidos pois a Paula já avançou lambendo seus dedos...Cris já estava sentindo a própria calcinha molhada tambem quando a Paula tirou os dedos dela da boca e a beijou em seguida.
Pela primeira vez Cris sentia aquele gosto e na boca de uma mulher.Aquilo estava deixando-a muito excitada e ela esfregava as pernas uma na outra para se excitar ainda mais...
Foi o mais rápido possivel para a casa da Paula, ao chegar lá começou a entender um pouco mais sobre “aquele e-mail”, quando Paula disse:
- Pode estacionar dentro da garagem, a Rafaela foi viajar, estou sozinha em casa...
“Então era isso....” pensou Cris...
“As duas moravam juntas, e nesse momento eu estou sendo a amante...” isso a surpreendeu, mas não pôde deixar de perceber que isso tambem a excitou muito.
Ao entrar na garagem, mal desligou o carro e a Paula atacou-a novamente.
As duas sairam do carro, e a Paula a segurou e jogou-a em cima do capô,encoxando-a e beijando e mordendo sua nuca e pescoço.
Nesse momento Cris já tinha perdido todos os seus pudores e estava totalmente entregue aos prazeres de Paula. A Paula podia fazer oque quisesse, que a Cris não iria se incomodar.
A Paula virou-a de frente, olhou nos olhos dela e a beijou suavemente, um beijo calmo e diferente, do outro que tinha recebido a tão pouco tempo....um beijo como o dois namorados apaixonados...
E depois Paula pegou nas mãos de Cris e levou-a para dentro da casa.
No meio do caminho passou na geladeira e pegou uma garrafa de champanhe para continuarem no clima.
Ao chegarem no quarto a Paula deitou Cris na cama e se deitou do lado beijando-a e passando as mãos em suas pernas puxando o vestido para cima e tirando a calcinha de Cris...
Cristina não tinha mais dominio de seu corpo, apenas deixava-se levar pelas mãos delicadas de Paula que com certeza sabia oque estava fazendo...
A Paula se despiu e tirou toda a roupa de Cris, ao fazer isso se deitou por cima dela e se beijaram novamente...Era uma sensação diferente, mas Cris estava adorando sentir o corpo de outra mulher por cima dela....seios com seios...os bicos se encontravam e dava um arrepio diferente....os cabelos jogados e o cheiro.....era cheiro de sexo, de tesão, mas um cheiro suave, diferente de quando saia com homens...era um cheiro que enfeitiçava Cristina e a deixava cada vez mais excitada.
Paula começou a descer o corpo beijando seu pescoço, seios...e a Cris se arrepiava ainda mais...quando Paula chegou ao meio de suas pernas ela já escorria de tanto tesão e Paula fez questão de lamber tudo e cada vez que passava pelo clitoris, fazia Cris se estremecer, fechando as pernas prendendo o rosto de Paula no meio de suas pernas, como se quisesse que aquele rosto não saisse nunca mais de lá.
Paula virou seu corpo fazendo um 69 e quando menos percebeu Cris já estava lambendo e sentindo aquele gosto delicioso que sentiu no beijo do carro, mas agora, um gosto mais forte, mais denso, mais quente...isso fez com que ela se empolgasse mais ainda e começou a lamber como se soubesse exatamente oque estava fazendo....descobriu que naquele exato ponto onde sua lingua passava a Paula gemia de um jeito diferente...e começou a lamber e a masturba-la cada vez com mais habilidade...
A Paula começou a enfiar os dedos em Cris e foi o suficiente para Cris sentir um tremor pelo corpo que nunca tinha sentido antes...ela começou a mecher os dedos e lambendo ao mesmo tempo, deixando a Cris cada vez mais sem controle....Paula já estava escorrendo de tanto tesão e então ela curvou o corpo para cima sentando em cima do rosto da Cris, que a essa altura lambia feito uma louca e gemia se retorcendo e deixando claro que estava gozando....
A Paula se excitando cada vez mais com isso se esfregava e soltava cada vez mais o corpo no rosto da Cris, cada vez mais até gozar em sua boca....
Se levantou e deitou por cima dela novamente beijando-a, misturando o mel das duas em suas bocas.
A Cris nunca tinha gozado tanto com nenhum outro homem na vida dela, como gozou com Paula.E teve a certeza de que iria adorar essa história de ser amante....
Quem me contou tudo isso foi a própria Paula, e depois disso transamos muito imaginando nós 3 juntas...
Quem sabe um dia......
Ass.: Rafaela
Conto escrito, inventado,delirado... por Le_Fetiche ©2007 Le-Fetiche





24 outubro 2007

DEZ MIL ACESSOS

Ola!!!
Hoje estou fazendo um post comemorativo em relação aos 10.000 acessos no blog.
Mudei para este layout naum faz nem 3 meses e coloquei esse contador zerado...até assustei com a demanda de fetichistas que anda visitando meu blog...obrigado a todos!!!
Como não tenho nenhuma história nova para contar, e não estou querendo colocar só fotos minhas aqui e videos no pornotube sozinho, por que as fotos e videos estão ficando muito iguais..rs...assim que eu tiver alguem para me ajudar nas fotos e nas fantasias eu coloco mais aqui...
Hoje vou colocar várias fotos de todos os tipos de fetiche, espero que gostem e gozem muito!!!...rs
As vezes quando entro no blog e vejo que tem várias pessoas on-line, fico pensando...se é homem...mulher...se esta se masturbando, ou me xingando achando que sou maluko..rs...Mas que estou adorando a repercussão do blog...isso estou.
Bom vamos as fotos!!!..rs
Abraços

04 outubro 2007

Conhecendo Domme Endora

Esse fim de semana conheci a Domme Endora, ela veio passar uns dias aqui em São Paulo, e passou em casa para usar a cadelinha que vos fala.rs

Infelizmente não tinhamos muito tempo, pois ela estava com o dia atarefado, e ainda ia viajar naquele mesmo dia.

Fiquei esperando por ela durante o dia e lógico com minha calcinha bem pequenininha por baixo. Na hora que ela me ligou eu já estava com a calcinha melada de tanto tesão.

Fui busca-la no metro, e fomos para a casa.

Quando chegamos ela já mandou eu subir na cama e ficar de pé, para ela fazer uma inspeção.Fiquei de pé com a cabeça encostada na parede e abrindo minha bunda...ela passou os dedos no meu cu...enfiou um pouco e depois pegou meu plug e foi enfiando no meu cú....fazia muito tempo que eu não colocava nada no meu cú,e estava um pouco fechado...oque é quase raro no meu caso.rs..mas é que como não estou saindo com ninguem as vezes não me empolgo para fazer tudo sozinho...da muito trabalho..rs

Voltando a Endora, depois que ela colocou o plug e brincou um pouco com ele no meu cú, mandou eu ficar de 4 na cama...colocou a cinta, e começou a meter no meu cu...

Foi me fodendo cada vez mais forte e mais rápido enquanto dava tapas na minha bunda e arranhava minhas costas, coxas e bunda, deixando suas marcas em mim.

Por eu naum estar muito treinado, não deu pra ela fazer fist em mim, pois só de ela me foder já fiquei com meu cú todo dolorido...rs

Mas tudo bem, estou treinando mais agora, para estar bem arrombado na próxima vez que ela vir a SP, pois quero muito sentir a mão toda dela no meu cú.

Ai tem uma foto só, mas cliquem aqui em fotos pessoais ou lá em cima que tem mais fotos minhas treinando e colocando coisinhas bizarras em mim..rs
No link de Videos Pessoais tambem tem um novo video meu, onde eu brinco com o plug inflavel , inflando ele até o maximo, depois ando um pouco com ele no meu cu, oque me faz rebolar feito uma vagabunda, depois tiro ele do meu cú e me masturbo até gozar na minha mão e lamber tudo feito cadela. Já postei o video lá, só falta o pornotube liberar.

Estou atras de alguma Sex shop que venda aqueles consolos que tem forma de pulso/punho. Quem souber onde tem por favor me passe o link. Pois quero muito treinar fist para ficar bem arrombado igual minha amiguinha Cadelais.

Até a próxima...

24 setembro 2007

Minhas memórias.....(Na Passarela)





Ola,

Como não estou tendo novas aventuras em relação a dominação, vou fazer voltar no tempo um pouquinho e contar minhas antigas experiências.

Quando começei a fazer esse blog em 08/11/2006 , eu saia com a Lady Nane, e quando a conheci, ela nunca tinha feito inversão, mas tinha muita curiosidade.

Aos poucos pelo msn , fui fazendo uma amizade maior com ela e aumentando cada vez mais a curiosidade dela pela inversão.

Depois de alguns meses nos falando pelo msn, marcamos um encontro num shopping para nos conhecermos, e eu falei que iria ao encontro usando uma calcinha por baixo da minha roupa e um plug.

Conforme combinado, fui de calcinha e assim que cheguei no shopping fui direto ao banheiro e coloquei o plug.Asssim que sai do banheiro me encontrei com ela e ficamos andando um pouco pelo shopping e conversando, dei graças a deus quando fomos para a praça de alimentação e sentamos, pois eu jah estava com o pau pingando de tesao e molhando toda a calcinha conforme andava sentindo a pressão do plug no meu cú.

Comentei com ela todas as minhas fantasias e ela ainda meio timida,falava que tinha mais era curiosidade e que não sabia se ia gostar.Falei com ela que se quisesse, poderiamos sair do shopping , ir em algum lugar escuro na rua mesmo, para eu mostrar pra ela o plug.

Ela ficou meio relutante no começo, mas a curiosidade falou mais alto..rs

Saimos do shopping e fomos em busca de um lugar escuro,achamos vários, mas sempre tinha gente por perto, até que achamos uma passarela que atravessava a Av. Tiradentes,proximo ao clube Tiete, a passarela estava bem escura e não tinha ninguem, só uns mendigos dormindo na calçada embaixo...rs

Subimos até lá e ficamos na parte mais escura da passarela, nos beijamos e ela começou a descer a mão na minha bunda e apertar....não pensei duas vezes, parei de beija-la, e virei de costas pra ela, me apoiando na passarela de frente para os carros que passavam embaixo...ela abaixou minha calça e viu que eu estava com uma calcinha minúscula fio dental.

Puxou minha calcinha para o lado e começou a mecher no plug, ela rodava o plug, tirava um pouco e colocava tudo de novo,e eu ali.. delirando enquanto ela brincava comigo, e eu debruçado na passarela com os carros passando por baixo e os carros que vinham em outra direção iluminavam minha bunda com os farois...fiquei mais louco ainda quando olhei pra ela e vi que parecia uma criança brincando com seu brinquedo predileto...a cara de satisfação dela enquanto me fodia me dava mais tesão ainda.

Ficamos nessa brincadeira uns 20 min. e foi o suficiente para tirar a curiosidade da Lady Nane e transforma-la em vontade..rs

Depois desse dia ainda fomos mais uma vez “brincar” na passarela, mas desta vez o lugar que estava escuro,tinha um poste muuuito iluminado..rs...dai atravessamos a passarela e fomos do outro lado onde tem as escadas, ficamos no ultimo lance de escada quase na calçada, e eu já fui ficando de 4 na escada e abaixando a calça.

Ela mais que depressa , puxou a calcinha pro lado e começou a me foder ali mesmo.

Eu nem acreditava, que estava dando o cú praticamente na calçada de uma avenida super movimentada....e enquanto me fodia ela batia na minha bunda e chegava bem no meu ouvido me chamando de vadia, isso me deixava maluko,me arrepiava inteiro.

Nesse dia ela me fodeu até eu gozar ali mesmo nas escadas, e logo depois apareceu uma pessoa passando pela passarela...foi o tempo certo só para eu puxar a calça e sair, ainda com a porra pingando do meu pau, melando toda a calcinha.
Ficamos nos encontrando durante quase um ano, nos próximos posts vou contando como foram nossos encontros.

Até a proxima....espero que a proxima atualização seja mais rapida né..rs

11 julho 2007

Nova Produtora de Filmes Bdsm






Finalmente o cenário porno brasileiro vai melhorar...e muito!!!
O site da produtora ainda não esta no ar, provavelmente estará no ar a partir da semana que vem.Eles já estão filmando vários filmes sobre todos os fetiches, ligados a Dominação Feminina.
Essas fotos ai em cima são cenas do filme estrelado pela Rainha Adriana Alves.
Para quem quiser conhecer um pouco mais sobre a Rainha Adriana Alves segue o link:
www.ahoraonline.com.br/rav.htm
Esta semana eu estarei indo na produtora para gravar um filme, ainda não sei o roteiro, mas assim que eu souber e tiver mais novidades coloco aqui.


abraços